Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

O mundo e o vacilo

Aula de pós graduação.

O professor de Filosofia, com pós doc em renomada universidade do Exterior, entra em transe ao falar da pós modernidade.

Um tsunami de citações.

Livros, autores, teorias reveladoras.

A era do vazio.

Bauman, Giddens, Beck.

As perspectivas sociológicas.

As relações humanas.

Os sentimentos liquefeitos.

O mundo e o vacilo.

Alunos atentos. Fingem tudo entender.

Alguns fazem sinceras anotações que nunca serão lidas.

Outros apenas rabiscam desenhos inteligíveis.

O professor caminha sobre o tablado.

Em êxtase, imagina ser o momento adequado para o gran finale.

Pega o iPad que está sobre a mesa, levanta e o exibe para a classe no melhor estilo de um campeão mundial de futebol. Só que em vez de gritar "100 por cento Jardim Irene", proclama em alto e bom som:

— Caros, eis a pós-modernidade! Isto é a pós-modernidade! Entenderam?

Enquanto isso, lá, no fundão da sala, o Joãozinho…

(Mesmo nos cursos de pós sempre há um fundão de classe onde habita o Joãozinho)

Pois é…

O Joãozinho não resiste e quebra o silêncio solene:

— Computador novo, hein, professor!

signature